A nossa casa

   

 

Sobre a casa.
Era um imóvel de excelente qualidade, mandado construir nos finais do século dezanove e pertencente a José Alves Pereira, tenente do exército português que participou na primeira guerra mundial defendendo as cores portuguesas. Esta casa, que distinguia-se de todas as outras na aldeia por ter um telhado com formato invertido, tornou-se famosa por tal e por ser uma das mais confortáveis e valiosas para a época, passando a ser designada também pela casa dos três bicos. 
De regresso da guerra, José Alves Pereira, destacado músico e amante das artes, casou-se mas acabou por não ter filhos. Contudo tinha nove irmãos e muitos sobrinhos pelo que toda a gente o tratava na aldeia como o "TIO TENENTE". 
Com a sua morte toda sua fortuna foi dividida por via judicial e uma vez que não tinha herdeiros diretos o imóvel acabou por ficar durante vários anos abandonado, o que levou á sua degradação. Entretanto uma das herdeiras adquiriu as restantes partes do imóvel e transformou-o num hotel dando-lhe um nome pelo qual foi uma vez conhecido, "A CASA DO TIO TENENTE", em homenagem àquele, pretendendo-se assim preservar a memória de uma pessoa distinta e querida na terra. O imóvel foi restaurado a fim de manter toda a sua identidade, preservando a sua inserção nas Aldeias de Xisto da Beira Baixa. Todo o seu exterior é revestido a pedra de Xisto e o seu interior revestido a madeira de pinho, quer no soalho, quer em paredes e tectos, tonando o imóvel muito confortável e um local único na região.